Papo Torto
Pular

Review HQ – Kurt Cobain – Quando eu era um alien

Publicado:   setembro 4, 2017   Categoria:HQ´s e Livros , Opinião , Resenhas , Reto no Torto , Vale o cliqueEscrito por:Italo Goulart

Título Original: Kurt Cobain: When I Was an Alien

Autor: Danilo Deninotti

Editora: Conrad

Ano: 2015

N° de páginas: 96

.

 

 

Kurt Cobain morreu há mais de 20 anos, mas continua sendo um ícone e um dos grandes nomes da música e gerando várias obras baseadas em sua vida e de sua banda, o Nirvana. Com uma vida conturbada, o uso de drogas, seus relacionamentos e seu incontestável talento, e também o fato de morrer aos 27, contribuíram para ele se eternizar de vez como uma das grandes estrelas do rock. Em ‘Kurt Coabin – Quando eu era um alien’, temos uma visão mais intimista do que ele mesmo achava de si e de todas as suas vivências ao decorrer de sua vida.

Da fundação do Nirvana até sua morte, é uma história bem conhecida e bastante explorada em diversas mídias, já foram feitos documentários e outra grafic novel abordando essa fase. Mas o que os italianos Danilo Deninotti e Toni Bruno mostram nessa revista é o caminho percorrido por Kurt até chegar ao Nirvana que todos conhecemos. Iremos descobrir quem foi o Kurt, de sua infância até o estrelato, como ele se via diante o mundo e como achava que o mundo o via. E teremos uma sensação de maior familiaridade com um dos maiores nomes do rock mundial.

Lançada em 2013 na Ítalia e em 2015 no Brasil pela Editora Conrad, ‘Kurt Coabin – Quando eu era um alien’ o caminho percorrido por Kurt desde sua infância conturbada, numa família instável, e o pensamento dele de não se sentir encaixado em lugar nenhum no mundo. Ele acreditava que era um alien e que teria sido adotado por sua mãe na Terra. Vivia com a esperança que em algum momento de sua vida, ele seria resgatado por seus verdadeiros pais, mas até que isso acontecesse, ele iria encontrar várias pessoas como ele, que também não se encaixam na sociedade e que tinham os pensamentos iguais ao dele.

A música sempre foi personagem presente na vida de Kurt desde quando era criança, e isso é explorado durante a revista, não é raro vermos páginas onde Kurt está cantando ou tocando alguma música de uma banda, temos uma trilha sonora implícita durante toda a narrativa, e para quem quiser conferir quais são essas músicas, no final tem uma lista de todas as citadas durante a história.

No seu amadurecimento, Kurt descobre o poder da musica e o valor das poucas amizades que cultivou, para o preenchimento de seu vazio existencial. Relacionamentos amorosos cultivados em sua adolescência

 A história não segue uma linearidade temporal, o inicio da história começa em 1991 com a banda gravando a música ‘Territorial Pissings’, que em um dos seus trechos ele fala ‘When I was na alien, Cultures were not opinions’, que já nos faz entender o titulo da obra.

Boa parte da história do livro é baseada em entrevistas que o próprio cantor deu á Michael Azerrad quando esse produzia o livro ‘Come As You Are: The Sotry of Nirvana’ e que posteriormente virou material para o documentário ‘Kurt Cobain: Retrato de uma Ausência’ lançado em 2007 e dirigido por AJ Schnack.

Danilo Deninotti faz um mix de obras e histórias e consegue, mesmo assim, produzir um conteúdo de forma original trazendo partes da vida de Kurt que muitos fãs – e não fãs – poderia não saber. A gente passa a conhecer mais a pessoa que Kurt era antes de virar o astro que todos estamos cansados de saber quem foi. As ilustrações de Toni Bruno com um tom de azul sempre presente na história, traz a sensação de ser uma espécie de flashback, algo que se passa no pensamento de Kurt, e facilita  a inclusão de caracteres que justificam o conteúdo “onírico” que se faz possível só pela visão de Kurt, como identificar alguns do ‘aliens’ que ele tanto almejava encontrar pelo caminho.

Ao final do livro, há uma imagem com todos da banda, krist Novoselic, Kurt Cobain e Dave Grohl retratados como aliens, assim como Kurt os via, cantando uma das músicas mais famosas deles, ‘Smells Like Teen Spirit’. Temos também uma lista de pessoas que foram importantes na história tratada e na vida de Kurt,

‘Kurt Cobain – Quando eu era um Alien’ é uma revista obrigatória para todos os apaixonados pela banda ou por música, para entender melhor tudo o que se passou na cabeça e em boa parte da vida de um dos grandes músicos que o Rock já ouviu.

Visualizacões:   24   Comentários:   0   Curtidas: 2
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.