Papo Torto
Pular

Critica #2– HOMEM-ARANHA: DE VOLTA AO LAR

Publicado:   julho 6, 2017   Categoria:Criticas , Filmes e séries , HQ´s e LivrosEscrito por:Italo Goulart

Depois de sua aparição “repentina” no Guerra Civil, Homem Aranha virou alvo de vários comentários, principalmente por “ser posse” de outro estúdio, pela capacidade de Tom Holland de mostrar um bom trabalho e coisas do tipo, afinal, estávamos todos traumatizados com os últimos fracassos dos filmes do Cabeça de Teia. A credibilidade caiu mais ainda ao saber que Homem de Ferro também seria figura presente no filme, e já pensamos que veríamos um ‘Homem de Ferro 4’, mas todos (ou quase todos) esses medos caíram por terra, quando assistimos o resultado final desse grande(mas nem tão grande assim) filme.

Fugindo de sua história de origem que todo mundo conhece, o longa mostra o amadurecimento de Peter Parker(Tom Holland) e a tentativa de separar a vida como um simples estudante e a vida de herói que tenta se provar a todo custo para ser reconhecido pelos heróis mais poderosos da Terra.

Com uma pegada mais “teen”, mas não obtusa ou tentando ser um drama psicológico de um adolescente em autodescoberta, o tom do filme é imposto pelo uso constante da tecnologia, que é a peça central de toda a trama, desde o registro de uma viagem até o motivo de se ter um vilão e o uso das tecnologias alienígenas.

Uma das marcas importantes da história de Peter, que é a perda de seu Tio Ben não foi retrata dessa vez, apesar dele ser parte importante para a formação do herói e ser a única figura paterna que teve, esse cargo foi passado para Tony Stark/Homem de Ferro (Robert Downey Jr ), que a seu jeito descompromissado, mas com um excesso de cuidado, tenta manter o juvenil herói fora de perigos extremos.  Com participações pontuais que nada abalam a presença ou história do herói central consegue fazer bem seu papel.

Um dos pontos altos de todo o longa é o vilão principal, o Abutre, que apesar de ter a história e sua origem pouco explorada, Michael Keaton faz jus a seu personagem e nos entrega um típico vilão das histórias do Homem Aranha, um cara normal que em algum momento se sente prejudicado e decide se torna um criminoso. E fica entendido que ainda pode ser usado no futuro e ser melhor utilizado em uma possível sequencia.

No decorrer do filme pode se perceber que algo grandioso já está sendo tramado para um futuro próximo na franquia, como a constituição de um Sexteto Sinistro por exemplo, isso se dá pelo fato de “aparecer” 3 vilões que compõem a trupe de super vilões que se juntam num único objetivo de acabar com a nova ameaça que o Homem Aranha representa.

Homem Aranha : De volta ao Lar, traz uma nova vida para um dos maiores heróis da Casa da Ideias, com um novo tom e estilo, mesmo que bebendo na fonte da já consolidada formula Marvel de se fazer filmes de heróis, consegue se sobressair e mostrar algo novo. Sem a necessidade ou pretensão de ser um filme grandioso ou épico demais, o modo simples e objetivo do filme, faz dele um grande inicio e a possibilidade em torno desse novo universo em construção traz grandes expectativas.

Homem Aranha: De Volta ao Lar estreia hoje, 6 de julho nos cinemas brasileiros.

NOTA: A-

Visualizacões:   63   Comentários:   0   Curtidas: 0
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.