Papo Torto
Pular

A Bela e a Fera – Divertido, nostálgico e encantador

Publicado:   março 19, 2017   Categoria:Criticas , Filmes e séries , OpiniãoEscrito por:Bruno Castro

A Bela e a Fera é uma adaptação live-action de um clássico conto de fadas da Disney sobre uma jovem que, para salvar seu pai, se torna prisioneira de um ser de aparência monstruosa. Com o tempo, Bela descobre que por trás da criatura há um verdadeiro príncipe, e os dois se apaixonam.

3
Bela (Emma Watson) e Gaston (Luke Evans).

Sendo esta a quinta produção live-action da Disney, a nova versão de A Bela e a Fera, dirigida por Bill Condon, carrega o peso de lidar com um material já consagrado na memória daqueles que viram e que até hoje consideram o desenho de 1991 algo intangível. E é assim que lidamos com clássicos, não é mesmo? Não queremos que estraguem ou mudem até mesmo o sentido de filmes que marcaram época e, principalmente, parte de nossas vidas. Sendo assim, desde o início, assim como ocorreu com Mogli: O Menino Lobo (The Jungle Book, 2016), o estúdio optou por reproduzir A Bela e a Fera da forma mais fiel possível. É claro que algumas coisas tiveram de ser descartadas durante esta transição, mas muito foi mantido e até melhorado aqui nesta versão.

2
‘The Beauty and the Beast’.

Emma Watson interpreta uma Bela independente, decidida e aventureira, assim como a personagem deve ser. Não se perde quando a musicalidade e o protagonismo exigem que ela entre em cena. Embora não seja o que a outra Emma foi para La La Land, Watson apresenta um bom trabalho e não chega a comprometer o enredo. Já a Fera de Dan Stevens consegue transitar entre rispidez – onde sua voz imponente é melhor utilizada –, timidez e sensibilidade de forma crua. É possível notar uma semelhança estrutural com o personagem de Luke Evans, mas o ator de Gaston acaba apresentando mais qualidade. Kevin Kline, como Maurice, pai de Bela, nos apresenta um pai frágil, atencioso e sarcástico.

all-objects
Ian McKellen, Emma Thompson, Ewan McGregor e Gugu Mbatha-Raw, respectivamente.

O roteiro de Stephen Chbosky e Evan Spiliotopoulos apresenta um admirável cuidado com seus personagens em sua composição – muito admirável mesmo. Eles são peculiares, marcantes, assim como aqueles do desenho de 1991. As vozes por trás dos objetos falantes, escolhidas de forma competente por Lucy Bevan, lhes dão vida de uma forma que soa incrivelmente natural. Cogsworth (Ian Mckellen) e Lumiére (Ewan Mcgregor) transmitem uma reconfortante sensação de companheirismo, enquanto Madame Salmovar (Emma Thompson) e Chip (Nathan Mack) nos presenteiam com uma cativante relação entre mãe e filho. Assim como eles, Gaston (Luke Evans) não apresenta um arco complexo. Ele é, simplesmente, um vilão que vai perdendo sua máscara a cada segundo, e Evans cuida para que ele pareça duvidoso desde o início, tornando essa transição mais palpável ao espectador. LeFou (Josh Gad) é pontualmente engraçado, dando ainda mais leveza e humor à trama – além de ser bem representativo.

quadro
O Gaston de Luke Evans em um belíssimo quadro.

Grandes performances musicais contribuem para o encanto provocado pela obra. A trilha sonora é muito bem coordenada, sabendo como compor o clímax de canções divertidas e encantadoras – e a potência vocal de alguns atores ajuda muito nisso. É a pura experiência Disney presente ali, envolvida por muita nostalgia e pelo vibrante Design de Produção de Sarah Greenwood. Os Efeitos Visuais, sendo o motivo principal para a existência do remake, também não ficam para trás. Há uma pequena ausência de sincronia e naturalidade na movimentação facial da Fera, mas isso é ofuscado por sua magnificência em ocasiões oportunas. A cinematografia de Tobias Schliessler não exala originalidade, mas também não arranca a beleza do que está sendo mostrado. Ela “dança” conforme a canção, mas poderia ter mais valor e incrementá-la.

objetos
O divertidíssimo Lumiére (Ewan McGregor).

A Bela e a Fera é muito agradável sonora e visualmente, resgata muita nostalgia e aquela velha sensação que só mesmo a Disney parece ser capaz de nos transmitir. É divertido, encantador e merece a sua atenção.

Nota: A- 😀

A Bela e a Fera já se encontra EM EXIBIÇÃO em todo o Brasil!

Compartilhe, ajude o nosso site a crescer!

Confira o trailer!

Animado para assistir A Bela e a Fera?

Comente abaixo!

Visualizacões:   58   Comentários:   2   Curtidas: 0

2 Comentários

Jorge Loiola
20 de março de 2017
vou assistir quando sair na net
22 de março de 2017
hahahaha Espero que goste, Jorge!
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.