Papo Torto
Pular

Curta o Curta – A Menina da Gaiola

Publicado:   novembro 19, 2016   Categoria:Curta o curta , Filmes e séries , OpiniãoEscrito por:Italo Goulart

As vezes a gente se depara com alguns vídeos bonitinhos, que conseguem mexer bem no intimo e que mostra uma sensibilidade bem forte e crível. Final do ano é a época de propagandas de consumismo disfarçada de ações bonitinhas, cheias de sentimentos, amizade, amor, é uma lindeza ver aquilo na TV, mas a gente sabe que essas coisas não são reais e depois da primeira vez, possivelmente não iremos cair nessa pegadinha sentimental que alguma empresa usou pra nos fisgar e ver que apesar de te fazer gastar seu dinheiro durante o ano todo, produzindo seus produtos usando trabalho escravo ou não, eles se preocupam e fazem de você uma pessoa especial, mesmo que também, o atendimento seja uma merda e você tenha perdido muito tempo reclamando por algo que era dever dessa mesma empresa cumprir, mesmo com os ratos, fezes ou coisas podres achadas durante o ano nos produtos dessas mesmas empresas, elas fazem questão de mostrar que se preocupam com a gente.

sem-titulo1g

Mas chega de falar da gente e dessas empresas legais, vamos falar de um vídeo que tem a capacidade de transformar um sentimento em algo palpável, que tem o poder de nos colocar no lugar do outro e fazer a gente se sentir especial por criar uma grande empatia com a personagem principal – real – de toda essa história que acontece aqui e acolá, só que não temos a sorte de ver, e eles, infelizmente, não tem a sorte de achar um cara que consiga contar uma história comovente de forma poética como Renato Cabral. Ele tem uma habilidade inegável com as palavras, acompanho ele há tempos pelas coisas que ele escreve e só depois descobri que ele era melhor ainda com uma “câmera na mão”. Chega de pagação de pau!

Esse curta, conta a história de Ana Clara, uma menina linda que nasceu com Amiotrofia Muscular Espinhal (doença degenerativa de origem genética) e que para os médicos não passaria dos 2 anos de idade. E esse vídeo é para comemorar seus 15º aniversário, e para ela mostrar que nesse curto período que ela está por aqui, tem uma força e uma consciência muito maior que muitos de nós, e é sobre isso que ela vai falar e mostrar.

Uma menina que conseguiu achar na escrita um refugio onde podia criar um mundo que ela poderia ser quem ela quisesse, ou ser só mais uma na multidão, igual a todos, mas ela mal sabe que em vários aspectos ela nos supera e mais ainda, nos inspira.

Um vídeo que fala muito sobre mim, sobre você e sobre todos, sobre aceitação, luta, resiliência, sobre tudo o que podemos ser e mais ainda, sobre tudo o que somos. O filme pode até ser a história especifica da Ana Clara, sim, mas em cada momento também é sobre o ser humano e o seu melhor, resistindo contra tudo e contra todos, sem perder o nosso dom de se superar e vermos o quanto a vida e as pessoas que nos cercam são importantes e essenciais para que possamos seguir lutando.

 

Agora que viu o vídeo, os olhos marejaram, você está passando por uma pequena crise de consciência, deve estar se perguntando o que aquele paragrafo inicial tem a ver com a história o vídeo e tudo mais, né?!

Nada! Escrevi por que eu quis! Espero que tenha gostado do vídeo e do post.

Para conhecer mais o diretor desse vídeo, acesse:

https://www.facebook.com/oruminante

https://vimeopro.com/oruminante/renatocabral

A Ana Clara também foi no Caldeirão do Hulk contar a sua história:

https://globoplay.globo.com/v/4086806/

Visualizacões:   86   Comentários:   0   Curtidas: 0
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.