Papo Torto
Pular

#CrônicaTorta 5#- Infartados de Informação

Publicado:   outubro 24, 2016   Categoria:Cronica tortaEscrito por:Jorgelândia

Todo dia a gente inventa e fantasia, a gente tenta todo dia. Bela forma de começar um texto que promete ser publicado numa manhã de segunda. Não fosse, claro, numa semana em que a fantasia inventou com a gente. Estou a 15 dias sem escrever e mil coisas aconteceram nesse período, mas nenhuma pareceu tão unânime quanto o murmurinho sobre a morte de um personagem duma série de zumbi. Faço questão em falar assim para dar a impressão de distanciamento, pois é assim que me sinto em relação à série: distante. Para ser exato, a morte é do Glenn Rhee em The Walking Dead.

Pelo que li a respeito, a morte não é tão novidade assim. A série é baseada numa HQ que já anunciava o fato. Por que tanto alvoroço então? Alguém arrisca?

Todo dia a gente inventa a fantasia.

Todo dia a gente inventa uma alegria, a gente esquenta a água fria e ignora a bola fora. Nesse caso, a bola fora tem a ver com o moderno mundo em que sabemos de tudo sem saber porque. Tem a ver com o dia a dia nessa aldeia cheia infelizes infartados de informação. Tem a ver com escolhas e renúncias. Tipo quando você escolhe acompanhar uma série e fica por fora do hipe da outra. Ou quando escolhe um time do coração e deixa de comemorar as vitórias dos outros. Tem a ver com lutos por personagens e um minuto de silêncio por celebridades.

Tem a ver com tudo isso, só que um pouco mais profundo.

Ah, tem MUITO a ver com o texto do brother DICK FARNEY (gente, o nome dele é esse mesmo, juro).  Algo como “A informação está sendo informativa?” seria engraçado se não fosse triste a resposta.

—–

Fiquem em paz e até a próxima viagem tipo essa.

Um beijos

Visualizacões:   58   Comentários:   5   Curtidas: 0

5 Comentários

Jessica Barbosa
24 de outubro de 2016
A morte dele poderia até não ser novidade, mas a série não segue a risca o HQ e eu diria que é o personagem que ninguém queria ver morrer. PS. Deveria assistir!
24 de outubro de 2016
Cara, eu acho que o burburinho todo foi pela FORMA como a morte foi mostrada. Uma morte que mesmo sabida (não por todos, pois nem todos leem a hq), não era esperada. E por ser justamente fiel a HQ - coisa que pra muitos é brega - é que ela choca tanto. Tipo: "Foi como eu sabia que seria, mas muito mais IMPACTANTE do que eu esperava".
24 de outubro de 2016
A morte do Glenn era notícia de ontem. A coisa foi apenas impactante pelo simples fato de ver, presenciar, vivenciar o fato ocorrido. Era um personagem querido da série presente desde o segundo episódio da série. Apertou também o coração ver o fato de que ele foi morto por uma ação impensada do Daryl Dixon, outro personagem ultra querido mas que também está escalado (segundo teorias) para morrer em breve. Apertou mais ainda o coração saber que Glenn, esposo da maravilhosa Maggie Greene, era pai já que ela espera um bebê. Enfim, foi pesado, forte, mas de certa forma, esperado.
Keila
24 de outubro de 2016
Uma viagem mesmo esse texto, não conhecia o personagem, nem a série. Textos bons como sempre! Segue firme! ??
24 de outubro de 2016
Era até certo ponto esperado, pois a série não segue bem a hq, então dava pra ficar na duvida se eles iriam matar o mesmo personagem das hqs, GoT tb vive o mesmo dilema, pois ambas são baseadas e adaptadas á suas obras, mas com um leve desapego. E o burburrinho é mais que justificado, se não é a politica transformados pessoas em imbecis, pelo menos as séries tem dado uma chance para todos respirarem o mesmo ar e verem que ainda vivem no mesmo mundo de futilidade e que até certo ponto, são iguais em alguma coisa. Otimo texto como sempre, entrei tanto na sua viagem, que tb viajei.
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.