Papo Torto
Pular

A primeira dupla dinâmica da sua infância

Publicado:   setembro 30, 2016   Categoria:Old But GoldEscrito por:Dick Farney

Comemorado no dia 26 de setembro para uns e para outros no dia 27 de setembro, a data comemorativa dos santos Cosme e Damião fizeram a alegria na vida da molecada nos anos 80 e 90 quando era super normal ver crianças correndo pela rua por algum motivo ou por motivo nenhum. Eu era dessas crianças que parecia o Forrest Gump: corria pra ir no banheiro, corria pra ir comer, corria pra ir correr.

Santos Cosme e Damião
Santos Cosme e Damião

Os santos eram gêmeos. Acredita-se que eram médicos e ajudavam as pessoas sem cobrar por isso usando não só seus conhecimentos mas também através da fé. Ou seja, os caras tinham poderes extraordinários!

Obviamente “Cosme e Damião” era a identidade de heróis deles assim como “Batman e Robin”. Seus nomes verdadeiros eram (não espalhem!) Acta e Passio. Foram presos e torturados e milagrosamente não sofriam nenhum dano até serem decapitados (acho que nem o Wolverine escaparia disso).

São tidos como amigos das crianças e atendem pedidos com mais rapidez quando recebem ofertas de doces e guloseimas, de acordo com as religiões afro-brasileiras.

Esses dois caras tinham o dom de transformar qualquer criança num super-herói na caçada pelos tão sonhados doces que eram dados nas ruas. Existia uma ansiedade crescente pela data e em mostrar para o mundo o que é ser o mais rápido, o mais ágil, o mais resistente na hora de coletar as recompensas açucaradas e deliciosas que os vizinhos e desconhecidos distribuíam.

Como o Halloween tem um significado muito peculiar para os norte americanos, o dia de Cosme e Damião incentivava a atividade física de quem tinha que andar miléguas em busca de doces. Era um dia de diversão e interação não só entre as crianças, mas também para os adultos.

Eu, que era malaco, descobri que andar com sacolas nas mãos tirava -5 pontos de destreza e passei a usar mochilas na quest. Jogar bola quase que diariamente me garantia +10 pontos de resistência para encarar longas caminhadas e corridas. E claaaaaro, ser um bom aluno na escola me acrescentava +7 pontos de inteligência na hora de “troco esse chokito por aquele doce de amido de milho com duas cores”.

Me diverti e honestamente sei que muitos que estão lendo essa publicação também se divertiram bastante com essa tradição praticamente extinta. Ok, não estamos mais pegando tanto doce na rua mas pelo menos rola uns pokémons pra molecada tirar o bumbum da cadeira, ir dar uma volta na cidade e quem sabe até conhecer gente nova…

Visualizacões:   44   Comentários:   2   Curtidas: 0

2 Comentários

30 de setembro de 2016
antes cosme e damião hoje pokemaum troca quase justa
30 de setembro de 2016
AMOOOOOOOOOOOO Cosme e Damião, super tradição, super divertido, super gay esse meu comentário, mas enfim, tem crente que é hater, diz que é doce com macumba. isso porque não foram numa rave ainda...
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.