Papo Torto
Pular

Nós testamos Pokémon Go – e agora?

Publicado:   julho 6, 2016   Categoria:Anime/Desenho Animado , Games/E-Sports , Internet , Opinião , TVEscrito por:Letícia Cotta

Bom dia, boa tarde ou boa noite, tortinhx!

Caso você esteve fora da Terra nos últimos meses, a Nintendo se uniu com a The Pokémon Company, Inc., e Niantic num esforço mútuo para lançar o jogo “Pokémon Go”. E advinha?

Nós já testamos.

 

Antes de tudo: o jogo já está disponível no Brasil para Android (a partir da versão KitKat) e iOS, e pode ser baixado aqui também. OBSERVAÇÃO: alguns usuários relataram bugs na instalação e iniciação do jogo, e por isso recomendamos que (depois de personalizarem as configurações conforme o desejo do app) reiniciem o celular para complementar o download e/ou instalação.

Os Pokémons podem ser encontrados através da sua câmera, isto é, ao invés de usar o mesmo padrão de jogo de DS, este se dá de acordo com a sua localização real (e, por isso, não se esqueça de ligar o GPS – sério!) e câmera. Para capturar os pokémons, você tem que praticar um pouco de basquete virtual: acertar o arremesso da pokébola.

Mas um dos pontos fortes, e o que mais queremos falar, é a personalização.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Logo que inicia o jogo, você é obrigado a escolher entre dois gêneros, e então levado à tela de personalização da galeria acima – e pasmem, agora você pode ser negro, pardo e afins. Não deveria ser o foco, mas trazer “só isso” já é revolucionário na franquia (tendo em vista que, antes raros, agora são jogáveis também).

O jogo apresenta uma interface rápida, bem intuitiva, com o mesmo enredo de início da série – agora com toda uma textura mais parecida com a do anime que dos jogos em si.

CHUPEM, AGORA VAMOS TER UM CHARMANDER NA VIDA REAL! HAHAAHAHAHAHAHAHAH

Imagens do site oficial capturadas pelo Android.

Existem, também, alguns relatos de ironias em pokémons encontrados em lugares minimamente estranhos… Será que os vizinhos reclamarão de invasão em apartamentos, ou não vão ligar por crianças enormes pulando seus muros? Qual a definição do real e não real? O quão longe você iria para capturar um pokémon? Entraria em um beco escuro, à noite, e sozinho?

Apesar do sistema de GPS “travar” um pouco e seu personagem andar por minutos, sozinho, mesmo depois de você já ter parado, é a realização do sonho de infância de toda criança dos anos 90 – o que torna todos os bugs perdoáveis, e nos tornará insuportáveis pessoalmente. Porque sempre iremos conferir o celular, tanto quanto conferíamos a pokédex.

Aí vem problema… problema em dobro!

Ainda não testamos ao ponto de encontrar algum tipo de Equipe Rocket… Será que os ladrões da vida real roubarão nossos pokémons fantasiados de Equipe Rocket, também? Seria um novo tipo de inclusão! LMAO Ademais, como nossa redação é suspeita para avaliar, deixaremos em aberto, e pedimos para que você entre nessa jornada conosco! Que tal?

Visualizacões:   44   Comentários:   2   Curtidas: 0

2 Comentários

6 de julho de 2016
que vontade de instalar e jogar essa parada. Deve ser muito lokoo
[…] Para quem ainda tá dormindo, clique aqui e veja como baixar o game. […]
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.