Papo Torto
Pular

Capitão América: Guerra Civil – Melhor filme da Marvel e um novo parâmetro para filmes do gênero (SEM SPOILERS)

Publicado:   abril 29, 2016   Categoria:Filmes e séries , OpiniãoEscrito por:Jota1

GC

Primeiramente, vamos agradecer a mãe Marvel. Há uma década, quando esta começou seu plano de expansão do seu rico universo, filme a filme, personagem a personagem, entre alguns erros e acertos, ela foi se firmando com muita coesão e fazendo com que, mesmo com os quadrinhos como base, as adaptações para os cinemas, pareçam se sustentar de forma legal. Capitão América: Guerra Civil é o ápice de tudo o que a Marvel fez até hoje e beira a perfeição por que também é o ápice de uma guerra que estamos vendo seu crescimento desde o primeiro “Vingadores” (2012).

guerracivil-homemdeferro-capitaoamerica

O que nos chama mais a atenção num primeiro momento é o roteiro esperto e ágil de Christopher Markus e Stephen McFeely. Ele dá justificativas reais e verdadeiras tanto para Tony Stark (Robert Downey Jr.) e Steve Rogers (Chris Evans). Ambos têm seus motivos para entrarem na briga. Stark é tomado pela culpa dos seus erros de outrora, principalmente em “VingadoresEra de Ultron” e aqui, ele toma um choque numa das cenas mais dramáticas e impactantes do filme. Quando ele tem uma dose real das consequências do último filme. Ele quer se acertar, quer se livrar da culpa, de qualquer jeito. Do lado de Rogers, temos a noção do quão desesperador deve ser ver seu único amigo de infância, depois de ter sido congelado por anos, ser ameaçado e julgado de forma injusta por algo que fez, mas quando era controlado por uma força maligna e tiver que o defender quando todos não acreditam em você. Enfim, ambos têm motivos reais e consideráveis para suas causas – e consequências para entrarem em guerra.

Durante todo o filme esse fio que amarra a trama segue de forma segura. Além disso, é brilhante a forma como velhos personagens entram no jogo de forma ativa e não somente para cumprir tabela. Falcão com movimentos incríveis, Feiticeira Escarlate dominando melhor seus poderes, ainda com seu drama existencial, a reflexão do Visão com a sua joia do infinito, Viúva Negra impecável em todas as cenas… Todos ali têm seus momentos. Bacana a atuação de Sebastian Stan também. Nós acabamos simpatizando com o Soldado Invernal, mesmo quando somos surpreendidos no terceiro ato, com um plot twist matador. A ausência de Thor e Hulk é até citada de forma inteligente, pois realmente não haveria o porquê de ambos estarem ali somente para encher a tela.

guerracivil-homemdeferro-soldadoinvernal

 

E nem fizeram falta! Pois conhecemos no filme o T´Challa de Chadwick Boseman de forma inteligentíssima e eficaz. Bastam poucos minutos para que o Pantera Negra se situe no filme e tenha uma ótima presença. Seja na ótima atuação quando passa de pessoa pública a rei de Wakanda (belíssima cena!) as cenas de luta magistralmente coreografadas. Outra apresentação que tirou o fôlego de todos no cinema, e era a mais esperada de todas, foi do amigão da vizinhança Peter Parker de Tom Holland. É uma cena tão linda, tão inteligente, que num diálogo rápido – e vale ressaltar que não dá pra imaginar muito moleques contracenando com Robert Downey Jr. Daquela maneira – nós já conhecemos o moleque, sabemos dos seus motivos e intenções ao se tornar o Homem-Aranha e fugindo de toooooooooooooodos os clichês já explorados em outros filmes. É algo quase divino!! Dá mais gás ainda para o filme e mesmo assim, a narrativa segue firme e coerente. Coisa linda de ver.

guerracivil-05

Além do ótimo roteiro, o filme determina outra coisa: Anthony e Joe Russo são os melhores diretores de filmes de herói até então. Tudo descrito acima segue um ritmo impecável e as cenas de ação são orquestradas com um talento e dedicação sem igual. A cena do aeroporto, tão criticada pelo que foi visto nos trailers é na verdade um conflito épico jamais visto. Você fica embasbacado o tempo todo! Sabe quando você está lendo uma HQ e vem aquela página dupla em que todos os heróis se enfrentam e você fica ali olhando aquilo sem reação!? Pois é, o efeito na tela é esse! A introdução do Homem-Formiga no #teamCap é muito legal e logo se revela uma das melhores surpresas do filme. Enquanto alguém acerta um oponente a gente vê outro caindo mais ao fundo, vemos trabalho em grupo, novos poderes e personagens sendo apresentados. O jogo de cortes e uso de cenas quando quer destacar a ação em grupo ou no duelo corpo a corpo é muito eficaz e com uma edição de som brilhante. Tudo acontece ali e esta não é nem a cena mais importante do filme. É um gancho para um terceiro ato matador e com uma reviravolta nada convencional que a gente até se pergunta por que vemos determinada cena mais de uma vez até que POW! Tomamos um soco na cara tão forte, que nos faz pensar de fato qual dos lados tem sua razão ou culpa.

Por fim, com um roteiro e direção impecável, Capitão América: Guerra Civil cumpre suas missões de fechar o arco “Bucky” com perfeição, linkando com a explosão da bomba Stark/Rogers em seus conflitos morais e pessoais a níveis extremos. Apresenta novos personagens de forma inteligente e eficaz, sem pendurar os personagens já conhecidos. Com ótimas atuações de todo o elenco, explora drama e comédia com equilíbrio e sem exagero, além das cenas praticamente retiradas da HQ, que nos fazem ter a sensação de testemunhar um acontecimento épico.

Capitão América: Guerra Civil é o melhor filme da Marvel por iniciar a fase três do UCM com maestria e nos dá a tranquilidade de saber que eles irão acertar nos próximos filmes. Os irmãos Russo sabem o que fazem e acredito que podem sim, contar com a benção dos mestres Jack Kirby, Stan Lee, Mark Millar, Joe Quesada entre outros da casa das ideias. Se havia suspeita de que a “fórmula” Marvel iria ficar batida, Guerra Civil coloca qualquer medo por água abaixo.

Visualizacões:   67   Comentários:   3   Curtidas: 0

3 Comentários

29 de abril de 2016
ANSIOOOOOOOOOOSO PARA ASSISTIR ISSO!!! fiquei tonto entre a leitura e os gifs :S
29 de abril de 2016
kkkkkkkkkkkkkk Eu tirei uns dois pra ajudar!! :D Valeu man!!
29 de abril de 2016
Ufa, inda bem q li antes dos GIFS, kkkkkk Otimo texto Japa, o hype só aumentou!
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.