Papo Torto
Pular

Como lidar com Batman Vs Superman? *Com Spoilers*

Publicado:   março 28, 2016   Categoria:Sem categoriaEscrito por:Jota1

Aproveitando que ontem foi aniversário do meu roteirista e diretor favorito – e faço questão de colocar nessa ordem, porque é assim que eu acho que ele melhor trabalha – Quentin Tarantino, e o boom nunca antes visto a respeito de qualquer outro filme de herói em cima de Batman vs Superman: A Origem da Justiça, posto essa cena linda acima, que potencializa o que eu sempre digo sobre o lindo roteiro de Tarantino, uma visão bacana sobre o escoteiro azul e sobre o quão Henry Cavill poderia ter atuado melhor se tivesse visto essa cena.

Eu já tinha cantado a bola sobre como o moço não atua bem e como ele já poderia se mostrar mais a vontade com a capa de Superman, que é quem o personagem é de fato. Mas não. Vimos um Superman duro, quadrado, tenso e por algumas fotos divulgadas, parecia até que havia uma vontade de dar um ar vilanesco ao herói. Graças a Deus foi só impressão resultada na atuação fraca do ator. Mesmo com um final que eu achei até bacana, tornando-o um mártir, o caminho percorrido até isso foi o que desagradou. Já já falo mais disso.

Assisti ao filme na estréia e procurei não comentar muita coisa sobre o enredo porquê queria ouvir opiniões de quem realmente acompanha as HQ´s dos heróis – E as opiniões na maioria foram negativas. Algumas coisas me decepcionaram no quesito técnico como a trilha sonora pesada propositalmente afim de dar o ar “épico” que o filme pedia. Passei a detestar essa palavra. A edição, principalmente nos 20 minutos iniciais do filme ficou meio confusa e achei estranho que Lois Lane e um capanga away de Luthor (Esse que não desceu de jeito nenhum!) tenham dado uma amarra até interessante ao filme, coisa que Batman não conseguiu. Até compreendo sua motivação para ir atrás do Superman – Que até então, mesmo salvando várias pessoas, carrega o espectro do primeiro filme – já que este é uma ameaça. Mas o Batman que conhecemos não julga ninguém! E percebemos que se não fosse um desfecho brega, Batman iria sim, matar o Superman e o mindfuck seria incalculável.

batman-vs-superman-ew-pics-3

Os fan-services do filme foram realmente impressionantes. Cenas literalmente retiradas das HQ´s  e muito bem realizadas. No entanto, alguns cortes pareceram confusos e tenho certeza de que a cena em que Batman vai salvar a Sra.Martha, no trailer, flui um pouco mais lenta e podemos compreender melhor a luta, coisa que até me preocupou, pois Ben Affleck pareceu um tanto lento. No filme, os bandidos pareceram que queriam usar suas armas como espada e os cortes foram rápidos e confusos. Já haviam me dito isso em relação a Man Of Steel, porém achei tranquilo porquê era uma luta entre Superman e os asseclas de Zod, alienígenas que tinham super velocidade e força. Normal aquela ação meio Dragon Ball Z.

Enfim, o que me deixou mais desapontado no filme, além dos quesitos técnicos, foi a atuação de Cavill. É difícil pra CARALEO interpretar o Superman – Não Clark Kent, isso ele conseguiu – Mas como interpretar um Super-Herói, alienígena, fato que complica a atuação e é quase sempre é lembrado no filme, mas por outro lado, um ser-humano, símbolo de uma justiça e pureza quase virginal?!? (De repente me lembrei da cena do Visão em Avengers…)

Te digo uma coisa: A Warner/DC TEM QUE PARAR COM ESSA PORRA de querer fazer filmes “dark”, “realistinhas” e etc. Isso está fodendo os filmes. Muita gente fala que isso é culpa da “Herança” de Nolan. Apesar de eu gostar dos filmes do Nolan, concordo em partes com isso. Funcionou naquela trilogia? Sim, ok! Mas esse tom dark NÃO FUNCIONA COM O SUPERMAN! O vídeo abaixo, mostra como seria Man Of Steel recolorizado (?) dando mais vida e mostrando um Superman AZUL!!! O cara é o simbolismo da esperança gente!! Amando ou não, esse é o Superman! Nunca fui fã do personagem, mas quero ver uma adaptação mais fiel dele. Por isso SEMPRE irão lembrar de Christopher Reeve em 78.

Voltando a falar do final do filme, achei bacana o enfoque na preocupação do Superman em ser aceito na terra. Ele parece pensar: “Porra eu salvo uma porrada de gente todo dia, mas ainda sim querem me ver fora daqui!?!?” Não fosse o já mencionado espectro negativo de Man Of Steel, isso seria algo não tão recorrente e veríamos um Superman mais apto a liderança que lhe será cobrada no filme da Liga da justiça, em Novembro de 2017. Muito perto para uma ressuscitação e nova roupagem do personagem. O fato de Superman ter morrido no final do filme, ao meu ver foi interessante por tê-lo tornado um mártir. A terra passará a não vê-lo mais como ameaça, pois ele deu a vida para salvar a todos do Apocalypse. É clichê? Sim! Mas não consigo imaginar outra forma de livra-lo do carma do primeiro filme.

Como um amigo meu comentou: “Ele quase morre afogado para salvar Lois e tirar a lança de baixo d´água, mas consegue impulso o suficiente para voar e cravar a lança no Apocalypse?!?“, Tenso. Além do mais, como o vilão estava laçado pela Mulher Maravilha, o Superman não poderia ter arremessado a lança? Maaaaaaaaas ok, vamos aceitar o fato dele ter morrido pelo motivo que coloquei no parágrafo acima. E, com outros goles mais forçados ainda, engolir esse filme e ter esperança que a Warner/DC se preocupe mais em fazer bons filmes, sem querer correr atrás do prejuizo em relação a Marvel, e com adaptações mais bacanas, sem porra de clima dark e realista. É um filme de quadrinhos porra!!!

Eu saí do cinema e achei o filme “ok”. Depois de conferir diversas opiniões de quem é fã dos personagens, a coisa só piora. Concorda? Discorda? Comenta aí com a gente!! 😀

 

 

Visualizacões:   44   Comentários:   2   Curtidas: 0

2 Comentários

João
28 de março de 2016
Poxa, o filme é médio, mas você tá parecendo um fanboy da Marvel querendo que a DC faça igual. Acho legal o tom mais 'dark', 'realistinha' que o filme tem. As comics do batman são dark(Vá ler The Dark Knight ou A Piada Mortal). As comics do Superman com o Batman são dark(Vá ler Injustice). E até algumas comics do Superman são mais dark e não são ultra-coloridas (Superman: Peace on Earth, de onde o filme retira várias das cenas, e que mostra um Superman bastante similar ao do Cavill, em dúvida quanto ao papel dele e sem ser uma bandeira azul-marinho de amor e felicidade). Segue que o filme seja também, e apesar de exageradamente pesada em alguns pontos, a trilha do Zimmer com o Junkie XL faz um excelente trabalho de criar a atmosfera. O filme tem problemas, e vários. A atuação do Cavill, apesar de eu não saber se ele foi limitado pelo script. A atuação do Eisenberg, que sabíamos que seria 8 ou 80 (e pendeu pro 8). A transição de cenas, especialmente na primeira metade do filme. E a cereja que, pelo menos pra mim, matou a plot do filme: o Snyder passa 90min criando um Batman excelente (e tanto o Affleck quanto o Jeremy Irons, que interpreta o Alfred, foram fenomenais nos papéis), e em 3min de cena em que ele descobre que ambos tem uma mãe chamada Martha, o personagem se desfaz. Para mim, esse foi o pecado do filme. Se o pessoal que acompanha comics não gostou do filme, como você disse, talvez eles precisem ler as dos anos 90 e início dos 2000. Por que, como todas as falhas do filme, se tem uma coisa que ele é, é uma grande homenagem aos quadrinhos dessa época.
28 de março de 2016
Obrigado por comentar João! Irei procurar essa "Peace on Earth" que você comentou. Bacana a gente tecer pontos do filme numa visão mais crítica. Sou fã das duas editoras e a gente tem que ser sincero na hora de falar dos filmes. Abraço!
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.