Papo Torto
Pular

Papo que nasce torto nunca se endireita…

Publicado:   fevereiro 19, 2016   Categoria:Filmes e séries , OpiniãoEscrito por:Jorgelândia

…Somos blogueiros nerds que não têm (será?) merda na cabeça.

Trocadilhos à parte, existem coisas que precisam se “endireitar”. De certa forma, a mudança faz parte do processo de evolução e traz consigo várias vantagens.

No universo do cinema, por exemplo, a evolução da tecnologia e das técnicas de gravação trouxeram mais tempero à sétima arte. O que é natural, acontece isso em todos os ramos de trabalho e produção.

Mas não é desse tipo de evolução a qual me refiro. A forma diferenciada de contar a mesma história é o grande truque! Os filmes de super-heróis são o principal exemplo disso. Um sucesso que vai além dos avanços da computação gráfica e efeitos especiais. O principal ingrediente vem da mente criativa dos diretores e roteiristas que endireitaram as franquias e trouxeram verdadeiras obras primas para as telonas.

Por outro lado, o que aconteceu com a indústria dos filmes de terror?

Na contramão das histórias bem elaboradas e roteiros cheio de reviravoltas, os filmes de terror estão cada vez mais de comédia. Focados nos sustos e amarrados nos clichês do “monstro atrás da porta”, “a cara no espelho”. Pouca coisa se renova.

Com exceção da franquia dos Jogos Mortais, não lembro de nenhum outro que tenha feito se quer um mínimo sucesso depois dos anos 2000. Vilões clássicos como Freddy Krueger, Jason e Michael Myers deram lugar a bonecos (as) assombrados e charlies²…

Ah, vale lembrar que já estão confirmadas duas sequências clássicas para os próximos meses. Jogos Mortais VIII e Olhos Famintos 3. O que esperar desses filmes? Deixem seus comentários 😉

olhos famintos

Saw

 

Cada um terá seu próprio post no devido tempo.

Visualizacões:   135   Comentários:   35   Curtidas: 0

35 Comentários

Jessica Barbosa
19 de fevereiro de 2016
Ganhou uma nova leitora!
Raí
19 de fevereiro de 2016
Boto fé... Jorge.. Ganhando leitoras... Um dia quem sabe n ganha uma namorada... Boa sorte Jorge! Um abraço! :)
Mila
19 de fevereiro de 2016
Ele me disse no whats? Que esperança é a última que morre... Vai que ele consegue né! Kkkkkkkkkkkkkkk
20 de fevereiro de 2016
Vai q... Kkkk
Larissa Mardones
19 de fevereiro de 2016
Será que vai prestar? Hahaha brincadeira... ??????????
20 de fevereiro de 2016
Kkkkk já prestou!
Mila
19 de fevereiro de 2016
É.. O textão tá legalzinho, quem diria em Tchuco, que tu ia prestar pra alguma coisa na vida... Boa sorte e sucesso!
Keila
19 de fevereiro de 2016
Concordo plenamente. O mundo está clichê! Ótimo texto. Sucesso!!!
19 de fevereiro de 2016
Meu sócio, parabéns e que venham mais bons textos como esse ???
Sizian
19 de fevereiro de 2016
Show de bola!!!!
Thiiago
19 de fevereiro de 2016
?
Darcio
19 de fevereiro de 2016
Excelente texto, parabéns ao autor
Dercileni
19 de fevereiro de 2016
Parabéns meu amigo,muito bom seu texto.
Murilo
19 de fevereiro de 2016
Olhos famintos e jogos mortais, excelentes franquias. Se seguir a linha dos anteriores acredito eu que serão excelentes filmes. porém é como foi dito. "Apenas mais do mesmo."
Daniel
19 de fevereiro de 2016
Muito bom Jorgem seu texto. Exelente observação sobre o universo do cinema.
Pedro Henrique
19 de fevereiro de 2016
Nunca será feito filmes de terror como nos anos 70 e 80! São pouquíssimos que se salvam dessa nova era, poucos msm! Ótimo texto, tô contigo e não abro, apesar de não crer em olhos famintos 3, o 2 foi muito fraco! ><"
Antônio Salgado
19 de fevereiro de 2016
Realmente depois da década de 80 salvam-se pouquíssimas histórias horripilantes. Parabéns Jorge! ótimo texto.
Mariana Valentim
19 de fevereiro de 2016
Será que são os filmes de terror que estão cada vez mais clichês ou os espectadores que estão cada vez mais exigentes? Mas que inovar é sempre bom eu não tenho dúvidas. Ótimo texto, assunto perspicaz. Meus parabéns!
20 de fevereiro de 2016
Obrigado ;) volte sempre
19 de fevereiro de 2016
Sobre ressaltar bem o assunto.
20 de fevereiro de 2016
Obrigado ;) volte sempre
Rose.hta@Hotmail.com
19 de fevereiro de 2016
Poxa! Amei. Você tem futuro como escritor. Estou orgulhosa de você meu thuthuco.
20 de fevereiro de 2016
Obrigado ;) volte sempre
20 de fevereiro de 2016
Nossa Jorge como você tá cabeção rsrs O ser humano está cada vez mas sábia, como dizia o chaves não contava com minha astúcia.
20 de fevereiro de 2016
Obrigado ;) volte sempre
Cleide Guedes
20 de fevereiro de 2016
Ótimo texto! Mandou muito bem, aguardando pelo próximo... :)
20 de fevereiro de 2016
Obrigado ;) volte sempre
Bruna
20 de fevereiro de 2016
Jorgito, está de parabéns, excelente texto!
20 de fevereiro de 2016
Obrigado bruneca ;) volte sempre
Pammulla
20 de fevereiro de 2016
Ótimo texto, parabéns ?
20 de fevereiro de 2016
Obrigado ;) volte sempre
Felipe Bezerra
20 de fevereiro de 2016
Acho que com o passar dos anos e o avanço tecnológico, se tornou tão fácil ter acesso a conteúdos sangrentos - como mortes em presídios e decapitações ao vivo - que as pessoas não veem mais novidade na violência ou no sadismo, pois já convivem com aquilo, só que na forma real, que costuma ser compartilhado nas redes. Acho que as pessoas não têm mais medo de ver morte. Espero que elas nao percam o medo de matar.
20 de fevereiro de 2016
Comentário pertinente. Não tinha parado p analisar por essa ótica. Faz todo sentido
Érica Overbeck
20 de fevereiro de 2016
A cada texto tu te supera, Jorge! Parabéns
Letícia
20 de fevereiro de 2016
Kkk,acho q é por isso q minha filha de 10 anos adora filme de torror...nem dá medo...
Comentar (pelo Facebook)

Deixe uma resposta

A password will be emailed to you.